Notícia

03 de Abril, 2018

Romeiros chegam ao Santuário do Rocio após caminhar 80Km

Um grupo de aproximadamente 60 romeiros chegou, na última quinta-feira, ao Santuário Estadual do Rocio, em Paranaguá. Eles vieram de diversas comunidades da área rural de São José dos Pinhais

Organizada há 22 anos, a romaria da Paróquia São Pedro começou com seis pessoas. Atualmente reúne quase 100 peregrinos das comunidades de Cachoeira, Monte Claro, Contenda, Braga, Barro Preto, Malhada e outras na área rural de São José dos Pinhais.

Muitos vêm para pagar promessas, como Diego Pedroso, filho de um dos pioneiros desta romaria, João Pedroso. Ele conta que cresceu vendo seu pai saindo na Quarta-feira Santa para descer até o Santuário. "Quando menino, recebi um diagnóstico de amputação da perna, mas não foi necessário, por isso para agradecer prometi a Nossa Senhora do Rocio estar aqui todos os anos”.   

Rosalina Cetnarski veio pela primeira vez aos 8 anos, quando morava com as religiosas no Colégio São José. Já Januário Ternoski, natural de Prudentópolis, ministro da Eucaristia em Cachoeira, fez o percurso pela primeira vez. "Eu tive um problema no nervo ciático, com orações e tratamento estou curado e consegui fazer toda a caminhada, tendo apenas algumas bolhas nos pés”, alegra-se.

Alguns fazem partes do trajeto, outros o trajeto completo, sempre acompanhados por uma equipe de apoio com carro, água, alimentos e primeiros socorros. Na chegada, nesta quinta-feira, uma equipe de voluntárias do Santuário do Rocio, fez o acolhimento preparando um “lava-pés”, um atendimento para os ferimentos da caminhada e um lanche para os romeiros.

Na noite de quinta, eles entraram na igreja com a imagem peregrina de Nossa Senhora do Rocio, sendo acolhidos pelos Missionários Redentoristas Padre Joasquim Parron e Irmão Jorge Tarachuque. Na sexta-feira, após o café da manhã, oferecido também pela equipe de voluntários, rezaram a Via Sacra e retornaram para suas casas.


Romeiros