Notícia

26 de Outubro, 2018

Conheça melhor o Padre Robson de Oliveira

“Santo de casa não faz milagre” é um ditado que não se aplica ao conhecermos melhor a história de vida do Padre Robson de Oliveira.

Ele é nascido ali mesmo em Trindade, Goiás, onde hoje é reitor de um dos maiores santuário do Brasil: “Santuário do Divino Pai Eterno”. Cresceu numa família católica que já participava e acompanhava o filho “coroinha” que servia na grande festa religiosa da cidade.

O pai, José Celso, trabalhava com serralheria e inspirou o menino a fazer com sobras de ferro uma sineta e um turíbulo (objeto usado para espalhar o incenso). Aos oito anos, estando na igreja de Santa Luzia em Trindade também, disse ao pai que sentiu cheiro de rosas e meses depois demonstrou a forte vocação para o sacerdócio.

No caminho religioso sempre foi precoce seu desenvolvimento. Entrou para o seminário aos 14 anos, aos 18 já era um dos formadores, aos 24 foi ordenado padre, aos 25 foi estudar em Roma. Quando retornou após concluir o mestrado de Teologia Moral, em 2003 foi nomeado reitor do Santuário do Pai Eterno.

Fundador da AFIPE (Associação dos Filhos do Pai Eterno), em 2004, atualmente dedica-se ao trabalho contínuo de evangelização através da comunicação. Tornou-se muito conhecido por rezar novenas tradicionais e missas ao vivo nas redes de televisão e rádios de todo o país.

O CD “Nos Braços do Pai”, a “Turminha do Divino” no youtube e a visita da Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno são algumas das formas que o Missionário Redentorista usa para conquistar o carinho das pessoas, falar sobre Jesus e trabalhar pela promoção humana ajudando pessoas a terem mais recursos e esperança em suas vidas.

 

Porque o Santuário do Divino Pai Eterno é também Basílica?

O título de Basílica é concedido para algumas igrejas e santuários no mundo todo, como reconhecimento de sua importância dentro do contexto espiritual e religioso do lugar em que se encontram. É o caso do Santuário do Divino Pai Eterno, em Trindade (GO).

A maior riqueza das basílicas é o espiritual imensurável (que não há como medir de tão importante). Este título é  só o Papa que concede.

A única Basílica no Mundo dedicada ao Divino Pai Eterno é a de Trindade.  Em 4 de abril de 2006,  o Papa Bento XVI concedeu este título ao Santuário marcando os 50 anos da Arquidiocese de Goiânia, em Goiás.

 

Texto: Pascom Santuário do Rocio

Fonte: www.divinopaieterno.com 


Conheça melhor o Padre Robson de Oliveira