NOTÍCIAS

Notícias Nacionais

Comunidade produz terços artesanais para doar na última novena de Nossa Senhora do Rocio

31/10/2019
A Comunidade São Cristóvão e São João Maria Vianney, localizada na Vila Divinéia tem um grupo de 16 mulheres que são integrantes da Oficina de Oração e Fuxico. 
Com muita dedicação e amor, as mulheres produziram em poucos meses 700 unidades de terço artesanal feito com a técnica fuxico. As peças feitas com amor e por amor a “Mãe do Rocio” serão entregues na última novena, no dia 14.

A corrente de fé que une comunidades de Paranaguá na Festa do Rocio continua. A Comunidade São Cristóvão e São João Maria Vianney, localizada na Vila Divinéia, tem um grupo de 16 mulheres que são integrantes da Oficina de Oração e Fuxico.

Com muita dedicação e amor, as mulheres produziram em poucos meses 700 unidades de terços artesanais. Elas se apropriam da técnica do fuxico. As peças feitas com amor e por amor à “Mãe do Rocio” serão entregues na última novena, no dia 14.

“Nos reunimos à tarde para confeccionar o terço e temos também nosso momento de oração. Muitas integrantes já foram agraciadas pelas bençãos de Nossa Senhora do Rocio, tudo pela fé e amor ao próximo”, informa a professora Rosiana Pereira, artesã voluntária.



AS CRIANÇAS TAMBÉM PARTICIPAM

Desde o início houve a participação das crianças. Hoje a iniciativa conta com a colaboração de 4. A Júlia Neves, de 9 anos, o Rafael Neves, de 4 anos, e a Anelise do Rocio, de 11 anos.

A primeira a chegar no projeto foi a Júlia Neves. Para ela, fazer parte destas oficinas é símbolo de muito orgulho. “Eu fui a primeira criança, então nem sei como explicar. Fico muito feliz de estar aqui. Nossa Senhora é a Padroeira do Paraná”, disse a estudante.

A Anelise do Rocio, que carrega em seu nome o título da santa, disse que é devota da Padroeira do Paraná desde a barriga da mãe. “Eu gosto muito. Participo das procissões desde quando estava na barriga da minha mãe e sigo até hoje. É a santa do nosso estado, por isso fico tão feliz de fazer parte desse projeto”, conta a pequena artesã.



O trabalho social é feito com doações das matérias-primas para a produção do terço, como tecidos e pérolas. Quem tiver interesse em fazer doação ou encomendas é só entrar em contato com a Paróquia (41) 3423-7253.

Confira no vídeo como funciona o trabalho: