NOTÍCIAS

Notícias Nacionais

Devoto do Rio de Janeiro doa dois mantos a Nossa Senhora do Rocio

10/11/2019
Esta já é a terceira doação de mantos que ele faz à Padroeira do Estado. No ano de 2013 doou um rim para a irmã, em agradecimento ao bom êxito da cirurgia decidiu presentar a Mãe do Rocio com um manto. A entrega foi feita pessoalmente no santuário. Em 2014 doou mais três e em 2019 enviou dois.

Na manhã do sábado (10) uma correspondência trouxe uma demonstração de devoção a Nossa Senhora do Rocio direto do Rio de Janeiro. Um devoto do estado carioca fez a doação de dois mantos à Padroeira do Paraná.

Natural de Belém, Fábio Ítalo, de 36 anos, responsável pela confecção e doação é muito conhecido no Brasil na área de consultoria de eventos religiosos católicos. Também é Designer Floral, trabalha com ornamentação de andores e berlindas, e é responsável pela realização de eventos no Cristo Redentor.

O jovem artesão já participou de festas grandiosas da igreja católica no Brasil. Dentre elas, a do Carmo em Recife, São Sebastião no Rio de Janeiro, Nossa Senhora da Conceição em Salvador, Nossa Senhora de Nazaré em Belém e pela terceira vez está deixando a sua marca registrada na festa de Nossa Senhora do Rocio no Paraná. "Através deste dom faço as confecções de mantos doando-os para vários cantos do país", disse ele.

Esta já é a terceira doação de mantos que ele faz à Padroeira do Estado. No ano de 2013 fez a primeira. Segundo ele, naquele ano a irmã precisou fazer um transplante de rim e devido ao bom êxito da cirurgia decidiu presentar a Mãe do Rocio com um manto. A entrega foi feita pessoalmente no santuário. Em 2014 doou mais três e também participou da decoração da berlinda. Neste ano está realizando a de mais dois lindos mantos.


Foto: Manto e berlinda produzidos por Fábio Ítalo (2014).


Um dos mantos faz uma homenagem à cidade de Paranaguá por ser o berço da civilização paranaense e da devoção à Padroeira do Paraná. Ele é revestido com pérolas, bordados dourados e atrás tem a bandeira de Paranaguá.
O segundo (na foto principal) traz a representação do achado da imagem. "Nossa Senhora foi encontrada por um pescador e o manto foi montado em cima da perspectiva de representar uma rede de pesca. Na vestimenta estão bordados os brasões dos redentoristas que são responsáveis por essa grande devoção e da bandeira do Paraná. Na parte de trás há o brasão da Diocese de Paranaguá responsável pela grande festa da Padroeira do Paraná que é um referência de devoção na região sul do país", completou o devoto.


MANTO OFICIAL DE 2019

O manto que está sendo usado pela Padroeira do Paraná é uma doação da parnanguara Rosy Maria Kossatz. A troca aconteceu no último domingo (03), dia da abertura oficial do evento. Ele traz as representações de alguns dos principais monumentos do Paraná. A Catedral de Maringá, o Jardim Botânico de Curitiba, os Campos Gerais, as Cataratas do Iguaçu de Foz do Iguaçu a bandeira do Paraná.

Veja fotos dos mantos doados por Fábio Ítalo:


MANTO 1 (DA FOTO PRINCIPAL)




MANTO 2: